segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Este é um Blogue para TODOS os Amigos da Escola da Ponte.
Comunidade aberta a todos que se identificam com nossa escola, pais, professores, alunos, visitas, ex alunos, ex professores, avós e a verdadeiros AMIGOS.
Amigos da Escola da Ponte venho convida-los para se associarem à escola de uma forma activa, no Clube de Amigos da Escola da PONTE contribuindo para debates de ideias construtivas que nos permitam melhorar ainda mais o nosso projecto, a nossa comunidade .
Convido-os também a estarem presentes neste blog, nas actividades do clube e da escola, mantendo todos associados informados de todas as actividades por forma a poderem contribuir da melhor forma posivel a cada um.
Tendo como objectivo partilha de experiências de amizades.
"porque na vida todos temos algo a ensinar e a aprender"
Amigo(a) Junta-te a nós

4 comentários:

  1. Uma nova AMIGA da Escola da Ponte começa o seu percurso em conjunto com o seu principe júnior e toda a comunidade que a ela pertence...aproveito para dar as boas vindas a todos e a mim também :-)
    Bem hajam.

    ResponderEliminar
  2. Esperemos que seja o começo ou recomeço de uma partilha de amigos para amigos, sempre com amizade. É de ideias destas que precisamos...

    ResponderEliminar
  3. Para uma primeira intervenção neste meio de comunicação, só me ocorre dizer que para comentar sobre a Escola da Ponte seria necessário uma capacidade ininterrupta de escrita durante tempo quase ilimitado.
    Tentarei organizar registos mentais para apresentar a minha experiência a partir do momento em que tive contacto com a escola que teve nestes últimos anos, uma grande influência na minha formação pessoal enquanto cidadão.
    Para se falar desta escola é necessário legitimidade para o fazer, ou seja, na minha opinião, só vivendo o seu dia-a-dia durante anos é que permite compreender verdadeiramente as suas potencialidades e também fragilidades enquanto estabelecimento de ensino público com projecto, cultura e filosofia pedagógica próprios, com a particularidade de ser diferente das escolas que utilizam práticas convencionais.
    Cumprimentos fraternos

    ResponderEliminar
  4. Vila das Aves, 3 de outubro de 20008

    Pude presenciar momentos mágicos e gratificantes em minha breve estadia na Escola da Ponte.
    Um destes momentos mágicos foi poder presenciar o lançamento do livro
    “ Escola da Ponte-Formação e Transformação em Educação”, in loco , onde comprovei uma trajetória de um educador utópico, ali naquela pequena sala improvisada, já que durante o dia ali era o refeitórios das crianças e educadores, foi ali na simplicidade dos depoimentos de ex-alunos, ex pais,ex companheiros do Professor José Pacheco que pude escutar o que há muito tempo eu não escutava.Aquele momento seria um divisor de águas, ao nosso querido Professor José Pacheco, idealizador da Escola da Ponte,por sua determinação, coragem e principalmente sensibilidade. Hoje muitos destes alunos, já são adultos, encaminhados na vida e principalmente distinguindo seus valores básicos, como amor, solidariedade e dignidade.
    Escola da Ponte, uma escola que dá certo,(gostem ou não).
    A utopia é realizável, fazer uma educação diferenciada é possível, quem pode estar aqui na escola, é provável que comprove o que escrevo, sem demagogia e idolatria.
    Os representantes da Educação seja ela, Pública ou Privada não buscam resultados, muitas vezes medidos por instrumentos duvidosos? Talvez, este seja, um grande impasse para a Escola da Ponte, poder ramificar, pelo mundo a fora, como deveria, já que seus,reais resultados, muitas vezes não podem ser mensuráveis com a velocidade que o mundo exige.

    Ampliar... o projeto, é um desafio para quem aqui continua, mas é possível, os bons líderes, inspiram e não expiram.
    Acredito que o Professor José Pacheco, inspirou cada um aqui presente, a escolha é subjetiva, depende do desejo e determinação de cada um.
    Vencer desafios ou abalar-se por queixas e desânimos.
    O momento é de escolha. Há dois lados: aquele que aliena e nos coloca no lugar de “ professores queixosos”, assim não é preciso ir adiante, o outro , o lugar de responsabilizar-se pelo Projeto e romper com os impasses interpessoais .
    Crise, significa crescimento, o momento atual da Escola da Ponte, é convocatório: não é uma crise em seu Projeto educacional e sim uma crise humana,onde todos os envolvidos são chamados a gerir os conflitos da raça humana, nossa conhecida “ferida narcísica”. “O EU no lugar do NÓS”, o poder Meu no lugar do Nosso.
    A Escola da Ponte é uma escola referência, gostem ou não.
    Crise, nos possibilita repensar o próximo passo, e refazer o como fazer.
    Aqui há muitos educadores determinados e conscientes de seu verdadeiro papel.
    O idealizador, pode estar em outros lugares, no momento, mas a essência e a equipe ficou, a semente foi plantada , os frutos já apareceram, em cada um dos que por ali passaram e permanecem hoje na figura dos filhos, dos netos...nos, ex-alunos, ex-pais, professores e companheiros de trabalho, funcionários...e principalmente crianças e jovens com desejo de fazer a diferença.
    Parabéns Professor José Pacheco, Professor Cristiano, Professor Ricardo, Professor Tiago, Professoras: Ana, Geni, Diana, Paulinha, e com certeza não me lembrarei de todos os nomes,mas sintam-se todos homenageados e com a certeza de que a partir do exemplo de vocês, faremos a diferença no Brasil também.

    “ Eu posso ser diferente dos meus amigos e colegas de trabalho sem ter que perdê-los, sem ter que negociar meus valores.”
    Com muito carinho e gratidão pelo acolhimento e exemplo.
    Espero vocês no Brasil ,
    Jane Patrícia Haddad www.janehaddad.com.br
    Pensar: O que nós Educadores entendemos como EQUIPE? Não seria um bom começo para mudarmos efetivamente nossa situação educacional?

    ResponderEliminar